Escola Superior De Comércio De Rennes

09 May 2019 12:48
Tags

Back to list of posts

<h1>Igualdade Salarial Entre Homens E Mulheres</h1>

<p>A todo o momento que o Dia Internacional da Mulher se aproxima, aproveito para fazer um balan&ccedil;o do ano que passou - e assim como da exist&ecirc;ncia. Sei bem o quanto nos custa, como mulheres, cada vit&oacute;ria. E tamb&eacute;m o quanto ainda temos para tomar, somente pra nos equipararmos em direitos a nossos pares masculinos.</p>

<p>A guerra di&aacute;ria &eacute; mesmo &aacute;rdua, no entanto estou distante de encampar slogans como “o homem &eacute; uma f&ecirc;mea imperfeita”, por exemplo. Tire Suas D&uacute;vidas Sobre isso Concursos , a c&eacute;lebre autora do tamb&eacute;m not&aacute;vel O Primeiro Sexo, tem relev&acirc;ncia fundamental pela competi&ccedil;&atilde;o feminista, com certeza, no entanto nossos inimigos, creio, n&atilde;o s&atilde;o os homens. O que temos de alterar (ali&aacute;s, isso imediatamente deveria ter acontecido) &eacute; a consci&ecirc;ncia da pr&oacute;pria mulher, consci&ecirc;ncia de que pode ser o que quiser, escolher o respectivo caminho, ser feliz consigo mesma. Esse talvez seja o maior est&iacute;mulo, j&aacute; que estamos lidando com a autoestima, t&atilde;o minada de um a outro lado dos s&eacute;culos.</p>

<ul>
<li>Inexist&ecirc;ncia de segmenta&ccedil;&atilde;o</li>
<li>Prefeitura de Porto Ferreira</li>
<li>2 Na&ccedil;&atilde;o e Dicas Pra Provas Do Concurso PM E Bombeiros : conflitos entre globaliza&ccedil;&atilde;o e educa&ccedil;&atilde;o</li>
<li>A rela&ccedil;&atilde;o de op&ccedil;&otilde;es de curso costuma ser mais ampla do que os cursos de Lato Sensu</li>
<li>dez de fevereiro d&agrave;s 23:59 &agrave;s 23:Cinquenta e nove hsevento</li>
<li>Ra&iacute;zes filos&oacute;ficas, epistemol&oacute;gicas, cient&iacute;ficas e religiosas pela obra junguiana - quarenta e cinco h/a</li>
<li>3 Biof&iacute;sica e radiobiologia</li>
</ul>

<p>Claro, n&atilde;o queremos expressar que nada mudou nos &uacute;ltimos anos. Hoje &eacute; poss&iacute;vel detectar uma s&eacute;rie de evolu&ccedil;&otilde;es pela vida das brasileiras. S&atilde;o a&ccedil;&otilde;es primordiais como essas que necessitamos comemorar, assim como cada polegada conquistada no decorrer dos anos. Por&eacute;m tamb&eacute;m necessitamos investir mais tempo e persist&ecirc;ncia a algo que n&atilde;o poderia (ainda) ser t&oacute;pico pol&ecirc;mico, a estampar capas de revista ou editoriais de jornais universo afora. Refiro-me ao atual est&aacute;gio da desigualdade salarial nas organiza&ccedil;&otilde;es. Em conclus&atilde;o, agora h&aacute; exemplos essenciais no universo de que &eacute; poss&iacute;vel, sim, ultrapassar essa barreira.</p>

<p>O mais estupendo &eacute; o da Isl&acirc;ndia, onde, desde o in&iacute;cio de 2018, vigora uma lei pioneira que obriga as corpora&ccedil;&otilde;es a pagarem sal&aacute;rios id&ecirc;nticos a homens e mulheres no funcionamento das mesmas fun&ccedil;&otilde;es. De acordo com a lei, que foi aprovada em junho do ano passado e entrou em vig&ecirc;ncia em janeiro de 2018, todas as organiza&ccedil;&otilde;es com mais de vinte e cinco funcion&aacute;rios ter&atilde;o de provar que n&atilde;o praticam diferen&ccedil;as salariais de g&ecirc;nero.</p>

<p>No Reino Unido, as organiza&ccedil;&otilde;es com mais de 250 trabalhadores t&ecirc;m, a partir desse ano, de tornar p&uacute;blicas as desigualdades salariais. E, na Espanha, trava-se uma batalha parlamentar por uma lei que obrigue a essa mesma transpar&ecirc;ncia. Em cada latitude, &eacute; pergunta, pura e claro, de se fazer justi&ccedil;a. As mulheres, no universo inteiro, est&atilde;o cada vez mais preparadas, intelectual e emocionalmente, pra conseguir o sucesso pessoal e profissional - isso &eacute; um acontecimento.</p>

<p>O exemplo mais ins&oacute;lito talvez seja a universidade de Oxford, que, em 2017, admitiu mais mulheres do que homens em seus cursos de gradua&ccedil;&atilde;o pela primeira vez em seus mais de 800 anos de vida. Desta maneira, por que as mulheres continuam a ganhar menos? No Brasil, elas ganham por volta de 75% do sal&aacute;rio dos homens na mesma atividade. S&atilde;o n&uacute;meros do Pnad, que mudaram muito pouco nos &uacute;ltimos anos. N&atilde;o, n&atilde;o irei citar a badalada intelig&ecirc;ncia multifuncional das mulheres, nem ao menos a t&atilde;o festejada sensibilidade feminina.</p>

<p>Isso n&atilde;o significa que estou negando as duas qualidades, muito pelo contr&aacute;rio, s&oacute; n&atilde;o acho que &eacute; preciso enaltecer caracter&iacute;sticas inatas pra provar que merecemos o que h&aacute; muito neste instante fazemos por merecer. N&atilde;o Os Cursos S&atilde;o Reconhecidos Pelo MEC? do que ningu&eacute;m e n&atilde;o precisa ser este o material da discuss&atilde;o. O que desejamos &eacute;, somente, respeito pela verdade dos dados, pela verdade que estamos escrevendo h&aacute; d&eacute;cadas. Como diria Gloria Steinem, famosa jornalista e ativista pelos direitos femininos, “a verdade te libertar&aacute;, mas, primeiro, ela vai te enfurecer”. &Eacute; DICA DEFINITIVA Pra Digitar MELHOR , evitando apenas que a f&uacute;ria bloqueie a nossa pr&aacute;tica de a&ccedil;&atilde;o e rea&ccedil;&atilde;o.</p>

<p>“Esses res&iacute;duos normalmente n&atilde;o s&atilde;o desejados na ind&uacute;stria. Eles s&atilde;o queimados, gerando g&aacute;s carb&ocirc;nico ou desse jeito descartados no ecossistema, em rios principalmente”, conta o pesquisador. Segundo ele, estimando uma cria&ccedil;&atilde;o m&eacute;dia de 2 1000 metros c&uacute;bicos de madeira serrada por m&ecirc;s, todas as serrarias do Pa&iacute;s gerariam, ao fim de um ano, cerca de 620 1 mil toneladas de serragem. Assim, utilizar essa alternativa &eacute; bem como um avan&ccedil;o econ&ocirc;mico, avalia Dantas.</p>

[[image http://twilight.mx/img/cursos1.png&quot;/&gt;

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License